Notícias

Comarca

Prefeito Álvaro através de mobilização e de articulações políticas mantém comarca em Barro Alto.

Tramitava no TJGO um PROAD - processo administrativo para desinstalação da comarca de Barro Alto.
capa.png

O prefeito de Barro Alto, Professor Álvaro Machado(MDB), através de uma mobilização e de articulações politicas, em parceria com a OAB - seccional Goiás, conseguiu uma grande vitória para a população do município.

Tramitava no TJGO um PROAD - processo administrativo para desinstalação da comarca de Barro Alto e essa desinstalação, segundo o prefeito, seria prejudicial para a população que teria que buscar a justiça em Goianésia.

Por decisão do presidente do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO), desembargador Carlos Alberto França, determinou a extinção dos procedimentos e arquivamento dos autos que tratavam da desinstalação de 24 comarcas em Goiás.

A decisão, assinada nesta segunda-feira (12), põe fim aos trâmites administrativos que debatiam o referido tema, o que, segundo o presidente, “é muito impactante para a sociedade das respectivas comarcas/cidades.”

Os estudos e levantamentos sobre a concretização ou não de desinstalação envolviam as comarcas de Barro Alto, Cachoeira Dourada, Carmo do Rio Verde, Corumbaíba, Fazenda Nova, Flores de Goiás, Formoso, Goiandira, Iaciara, Itapirapuã, Joviânia, Mara Rosa, Montes Claros de Goiás, Montividiu, Mossâmedes, Orizona, Panamá, Paranaiguara, Sanclerlândia, São Simão, Serranópolis, Taquaral, Uruana e Varjão.

De acordo com o presidente do TJGO, dentre as 24 comarcas que vinham sendo objetos dos estudos, “várias foram instaladas há muitos anos e todas têm grande importância para a sociedade local.” Carlos França ainda pondera que todas foram criadas por preencherem os requisitos previstos no Código de Organização Judiciária do Estado de Goiás, Lei nº 8.129/88.